A saga continua!

Hoje acordei mal, revoltada, zangada, deprimida e porque?

Ontem a noite lembrei me de ir para o youtube ver vídeos do exame a medula óssea e aquilo é pior do que eu imaginava.

Eu não consigo fazer aquilo!

E pior eu acho estupido estar a fazer porque não vai mudar mais nada é mais um cancro para a coleção se der positivos? para que que eu quero mais um tres nao chegam? E so ridículo se o exame der positivo é mais um passo para o estádio IV se der negativo nao percisava de ter feito o exame se der inconclusivo também nao precisava de ter feito o exame e se der positivo o que muda no meu tratamento mais sessoes de quimio?

Nesta altura nem sei se vou fazer quimio se os médicos do pâncreas acharem que o pâncreas e mais importante e avançarem com a operação eu nao vou fazer quimio para ja atao para que ir a correr fazer um exame tao doloroso.

E e isto acordei revoltada e fui para a net a procura de casos positivos historias de vida que me fizesse pensar epa se esta pessoa consegue eu também consigo qualquer coisa do género. Nao só nao encontre como apanhei o grupo onco positivista os influenciadores de oncologia de quem eu tenho muito respeito e que me ajudaram em muitas alturas por isso nao lhes quero tirar o merito do brilhante trabalho que fazem. Mas hoje o meu santo nao bateu com o deles!

Admiro bue as pessoas que se sentam de perna cruzada com as mãozinhas esticadas  hiper mega zen e vai ficar tudo bem entregar nas mãos de Deus e dos médicos eles sabem o seu caminho acreditar e encarar de forma positiva.

Como explicam eu não posso mudar o diagnostico posso mudar a forma como encaro o mesmo!

Palavras bonitas não são? Eu acho que sim! E aceitei essa ideia e fui tentando interioriza la e mesmo quando veio o diagnostico do linfoma acreditei, era difícil mas era dois cancros com taxas de sucesso elevados que costumam responder bem aos tratamentos.

Este terceiro esquece eu desmoronei e nao aguento mais a revolta tomou conta de mim. E os fantásticos génios da oncologia nao aceitaram bem isso e dizem que eu tenho de ter calma encarar o processo de forma positiva e nao entrar nesta espiral que será pior para mim.

Nao digo que nao tenham razão! Mas eu nao tenho botões que faca mudar a minha maneira de ser, nem digo que a minha maneira seja a mais correta mas e como eu sou,  eu grito esperneio, sou impulsiva, emotiva tenho os meus defeitos as minhas fobias e se eu conseguisse mudar os aspetos maus em mim ja os tinha mudado a muito tempo.

Mas a coisas que sao difíceis de mudar alias muito tenho feito eu porque se eu sair do grupo de oncologia e for ao meu grupo de ansiosos eles dizem que nao sabem como e que eu aguentei ate aqui e que ja sou uma vencedora por isso, aquilo que para uns e pouco para outros é muito. E eu tenho as minhas limitações e eu sou clara a po las em cima da mesa e dizer aos médicos que me acompanham que estou com dificuldade que não consigo fazer isto e ainda assim nao me encontram alternativas.

Isto e destrutivo e estupido porque sinceramente se me perguntarem tens mais medo do cancro do pâncreas que tem 2 % de taxa de sucesso ou tens medo do exame da medula óssea.

Eu tenho mais medo do exame da medula óssea é ridículo mas e verdade.  Farta de tudo e com vontade de desistir.

Só queria fazer como nos filmes uma lista de 10 coisas a fazer antes de morrer, cumprir a lista e pronto.

Aproveitar o tempo que me resta com paz felicidade a fazer coisas que me façam feliz.

Nao num buraco de sofrimento e dor sempre em pânico com os exames dolorosos e a ansiedade.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Are you 18 or older? Site para maiores de 18!
You cannot copy content of this page
error: Content is protected !!
× How can I help you?